my style

since 1991

img_0572img_0577  img_0573 img_0576img_0574 img_0575   img_0579img_0578Hoodie Pura Over the Knee boots Public Desire

Entre as obras da capital que parecem não ter fim e a calçada Lisboeta, o que na realidade foi dificil foi encontrar um sitio giro para fotografar este look. Mas foi à frente dum hotel ali no Chiado que encontrámos esta fachada. Mas falando do look, umas over the knee e uma hoodie, o que pode correr mal? Gostam deste tipo de looks?

 Fotografia por Márcia Soares

Standard
lifestyle

toquem os tambores

captura-de-ecra%cc%83-2016-11-28-as-17-54-26

Como sabem esteve a decorrer até ao dia de ontem um passatempo para vos oferecer este relógio Timberland. Eu estava super receosa porque é a primeira vez que estou a fazer algo do género, no entanto penso que correu bastante bem. Gostavam que fizesse mais vezes estes passatempos? Quero saber o que acham, deixem nos comentários para eu saber se vale a pena fazer novamente.

Passando à parte que realmente importa. A vencedora que vai ganhar um relógio novo é… *toquem os tambores* a Inês Santos com a conta de instagram: @ines_fsantos. A única coisa que tens de fazer é mandar-me um e-mail para vanessaferreira@chicdiary.net com a tua morada e eu trato do resto. beijinhoo

Standard
diary

Cranes in the Sky

img_2897

It’s been said that love finds you when you’re ready. Mas eu não acredito, apaixonamo-nos quando menos esperamos. Quando menos queremos. Apaixonamo-nos num piscar de olhos. Na troca de sorrisos. No chão da sala, enquanto a luz do candeeiro da rua entra pela janela. Enquanto o mundo corre lá fora e nós continuamos na carpete da sala a ouvir a chuva, como se o mundo parasse de girar.

Sempre acreditei que uma história como a nossa ia ser mais bonita. Ia ter mais noites em casa, contigo a cozinhar para mim. Ia ter mais noites de cinema. Ia ter mais tempo para me habituar ao cheiro do teu cabelo, ainda húmido do banho. Sempre pensei que ia ter mais romance. Mas agora questiono-me: que história estou eu a falar? Talvez a história que eu sempre quis que tivéssemos e sempre neguei. Mas nós não passámos de “algo” que tu nunca deixaste que fosse uma história pois não? Algo indefinido. Sempre assim quiseste e sempre assim foi. Sempre foi o único jogo que me deixaste jogar, o teu.

(…)

Quando me falaste do nosso amor eu ri-me de ti. Como poderia eu acreditar, quando foste tu que nunca me levaste a sério? Como posso eu acreditar? Não podia, não quando sempre te escondi o que sentia, quando sempre ignorei o óbvio.
Mas o erro foi meu. O erro foi ter achado que não me iria magoar e que não te iria querer. Foi ingénuo da minha parte pensar que poderia continuar a jogar este jogo, a conhecer-te sem me apaixonar, quando a tua voz sempre me fez estremecer. É hipocrisia da minha parte dizer que não sabia que ia acabar aqui, sem ti. O erro foi ter pensado que não me iria apaixonar.

Mas o erro foi sempre meu.

Standard
my style

give me a ride

Processed with VSCO with a5 preset

Processed with VSCO with a5 preset

Processed with VSCO with a5 preset

Processed with VSCO with a5 preset

Processed with VSCO with a5 preset

Processed with VSCO with a5 preset

Processed with VSCO with a5 presetQuando vamos ao Village Underground é impossível não tirar lá umas fotografias. Esta sessão é exemplo disso. Tinha ido apenas lá tomar um café até que eu e a Márcia encontramos este elérico esquecido no tempo e tivemos de tirar por lá umas fotografias. Costumam ir lá?
Este jumpsuit é da Nakd é giro giro, super fácil de conjugar. O que acham?

Standard