diary

29 de Abril

É hoje o dia. Seria hoje o dia. Dia em que farias anos, se ainda cá estivesses. Já não te tenho escrito, não porque me lembro menos de ti mas porque sinto menos necessidade, o tempo ajuda um bocadinho. A última vez que te escrevi ainda ouvia, na minha cabeça, o teu riso. Mas agora já não, e é o que custa mais. Mas sabes, o primo está cada vez mais parecido contigo, aquele vicio que tinhas de esticar a camisola enquanto falavas quando as atenções estavam todas direccionadas para ti, também ele o tem.

(…)
Dizem que a primeira coisa que se esquece é a voz, hoje posso dizer que concordo.

Standard

One thought on “29 de Abril

  1. Sara says:

    E é mesmo..das primeiras coisas que vão do que fica.Não se esquece,a vida continua e vamos vivendo como podemos e o melhor que sabemos, a saudade está sempre presente..mas vamo-nos agarrando a memórias felizes da nossa cabeça, fotografias que contam histórias, pedimos a outros que nos contem histórias passadas de momentos vividos que nos façam manter as memórias vivas e assim vai sendo. Se cá estivessem os meus 4 avós seria outra alegria mas a vida é assim. 🙂

    Beijo e abraço apertado V.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.